Os atrasados referentes à diferença do reajuste de 7,72% para aposentados e pensionistas, sancionada pelo presidente da República, já estão incluídos na folha de benefícios de julho. A confirmação foi feita pelo Ministro da Previdência Social. O reajuste vale apenas para os beneficiários que ganham acima de um salário mínimo e, de acordo com o calendário de pagamentos do INSS, ocorrerá nos cinco primeiros dias úteis de agosto.

Em dezembro de 2009, o presidente editou a Medida Provisória nº 475 concedendo 6,14% de reajuste para os benefícios acima do mínimo, conforme acordo fechado com as centrais sindicais em agosto daquele ano. Em maio, o Senado converteu a Medida Provisória em lei, estabelecendo o reajuste em 7,72%. Com isso, os aposentados que recebem acima do mínimo terão creditado em sua conta as diferenças referentes ao período de janeiro a junho.