O secretário de Comunicação da APEOC, Alessandro Carvalho, participou na quinta-feira (28), de uma reunião virtual realizada pela ASPROLF, Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lauro de Freitas – Bahia, para debater os desafios políticos da educação em tempos de crise.

A Live abordou as principais pautas de luta da Educação no atual período político do país, em que nos deparamos com um agravamento de medidas anunciadas pelo governo Bolsonaro, que sempre demonstrou ser contra a Educação Pública e contra os trabalhadores de um modo geral.

A discussão girou entorno da união em defesa da correta destinação dos recursos dos Precatórios do FUNDEF, da votação e garantia urgente de um Novo FUNDEB, com mais recursos e permanente e contra o congelamento salarial dos servidores.

Durante a Live, Alessandro Carvalho reafirmou que é preciso unir mais forças para fortalecer a Frente Norte e Nordeste em defesa da Educação, fortalecer os laços com as entidades estudantis, a aprovação com urgência da PEC 15/15 e continuidade da luta contra a retirada de direitos e contra a privatização da Educação Pública e dos demais serviços públicos.

Alessandro falou ainda sobre a decisão da Justiça Federal em Pernambuco, contra o parecer do TCU e a favor da destinação dos recursos dos precatórios para pagamento de professores, uma tese defendida pelo Sindicato APEOC, que vem sendo referência de luta em outros estados.

Um dos encaminhamentos da reunião foi a intensificação da campanha coordenada pela CNTE, o #30M, com o intuito de fazer com que parlamentares coloquem em votação, de forma urgente, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/15 – que trata do Novo FUNDEB.