O Sindicato APEOC, em 12 de dezembro de 2018, publicou a matéria “Carta Aberta: Projeto Escola sem Partido da Assembleia Legislativa do Ceará”, deixando clara a posição contrária da entidade quanto ao Projeto que tramitava no Legislativo Estadual e que já havia sido aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação da casa e seguia para votação na Comissão da Educação. No texto, a APEOC solicitava ao então presidente Zezinho Albuquerque, à deputada Dra. Silvana, então presidente da Comissão de Educação, ao então líder do Governo, Evandro Leitão, e ao deputado Elmano de Freitas, o adiamento da votação da matéria.

Graças a pressão do Sindicato APEOC, o projeto foi retirado de pauta e arquivado. Para o Sindicato APEOC, o tema era muito complexo para que fosse votado sem um debate mais aprofundado.

A discussão chegou à Câmara Municipal de Fortaleza e através de uma solicitação da vereadora Larissa Gaspar, a matéria do Sindicato APEOC foi inserida no anais da casa. A APEOC comemora o reconhecimento da parlamentar e da casa legislativa e acredita que todo e qualquer cerceamento de liberdade dos professores e das escolas deve ser combatido.

VEJA AQUI a matéria Carta Aberta: Projeto “Escola sem Partido”

 

VEJA AQUI o requerimento da CMFOR