Os dirigentes do Sindicato APEOC tiveram uma reunião com a coordenadora de Gestão de Pessoas da Seduc, Marta Emília, na tarde desta quarta-feira (31). O objetivo principal foi saber sobre o fluxo da lotação dos professores temporários. Segundo a gestora, os contratos que foram enviados à Seduc estão sendo processados normalmente. Alguns professores das escolas indígenas, que iniciaram o ano letivo mais cedo, já irão receber em 1° de fevereiro. Os demais contratos processados até 28 de janeiro seguem para pagamento em 1° de março, e assim sucessivamente.

Marta Emília lembrou que as escolas precisam agilizar o envio dos contratos à Seduc, porque o pagamento só entra em folha após a devida publicação em Diário Oficial.

Em relação à lotação dos professores temporários, o Sindicato APEOC pediu explicações sobre as prioridades dos docentes no processo. Marta Emília explicou que os professores que tiveram contrato vigente até o final de 2017 e obtiveram avaliação satisfatória terão prioridade de lotação na mesma unidade. Nesse caso, a renovação do contrato só pode ser feita na própria escola.