Escutar, conversar, aconselhar e ajudar. Estes pequenos gestos podem fazer toda a diferença para pessoas com transtornos psicológicos.

O Brasil é um dos países com maior índices de suicídio. É com este dado alarmante que o Setembro Amarelo, iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), reacende a importância da conscientização sobre a prevenção do suicídio. A campanha do CVV busca desmistificar e orientar a população sobre este tema que por muitos ainda é considerado tabu.

A depressão, bem como outros transtornos psicológicos, não escolhe faixa etária ou classe social. Por isso, é preciso estar atento aos sinais como isolamento, tristeza profunda, humor instável, entre outros, para identificar pessoas vulneráveis e ajudá-las a redescobrir o lado bom de viver.

O Sindicato APEOC apoia o Setembro Amarelo e vê na Educação uma oportunidade de conscientizar e orientar profissionais, alunos e parentes sobre a prevenção do suicídio.

O Centro de Valorização da Vida  faz atendimento 24 horas todos os dias, de forma gratuita, voluntária e sob total sigilo, para pessoas que buscam apoio emocional, através do site ou do telefone 188.