O vice-presidente do Sindicato APEOC, Reginaldo Pinheiro, e o secretário-geral, Helano Maia, estiveram reunidos com o secretário da Assessoria Especial de Acolhimento aos Movimentos Sociais, Cícero Cavalcante. Os dirigentes pediram apoio do gestor para cobrar celeridade do Governo na tramitação do projeto de lei que autoriza a ampliação de carga horária para os professores que ingressaram na rede estadual antes de 31 de dezembro de 2003. O encontro ocorreu na tarde desta quarta-feira (07) na sede das Coordenadorias Especiais, em Fortaleza. Um grupo de professores também esteve presente.

 

Na reunião, os dirigentes do Sindicato APEOC pediram ao secretário uma intermediação para dar agilidade nos processos de ampliação definitiva de carga horária, dando a eles um regime de urgência. A entidade luta pela implantação de uma legislação que estenda o benefício para quem ingressou na rede estadual de ensino antes de 31 de dezembro de 2003. Cícero Cavalcante assumiu o compromisso de conversar ainda hoje sobre a pauta com o chefe de gabinete do Governo, Élcio Batista, e com o secretário da Casa Civil, Nelson Martins.

O Sindicato APEOC também cobrou a celeridade de outras pautas de interesse da categoria como o reajuste salarial diferenciado de 6,81%, e concursos públicos.