O Sindicato APEOC conseguiu liminar na justiça favorável ao professor da rede estadual que foi injustamente acusado nas redes sociais de tentar doutrinar os alunos em sala de aula.

O docente usava na escola uma camisa com os dizeres “Eleição sem Lula é fraude”. Segundo o profissional, os alunos o fotografaram e compartilharam a imagem nas redes sociais. A postagem viralizou.

O docente procurou o Sindicato APEOC afirmando que por conta da postagem estava sofrendo ameaças nas redes sociais. Ele chegou até a pedir licença médica pelo ocorrido. A entidade entrou com uma ação na justiça pedindo que a postagem fosse retirada do Facebook e a justiça deu liminar favorável a ação. A empresa deve retirar a postagem, sob pena de multa diária que pode chegar a R$ 10.000,00.

Veja liminar AQUI

Em entrevista ao Jornal O Povo (24/04/2018), o docente afirmou que não esperava a repercussão negativa em relação a sua imagem, uma vez que sempre desempenhou sua função com dedicação e amor. Ele considerou ainda que uma de suas preocupações é formar cidadãos de bem, mostrando a eles que ainda é possível sonhar num país que não olha para a educação como algo primordial. O professor disse também que não se preocupa com quem foi o autor da foto. Para ele, o mais preocupante foi o abuso e uso indevido da sua imagem, que afetou em cheio a sua vida pessoal.

O Sindicato APEOC acredita que a sala de aula seja um lugar de debate franco e aberto. Que o ocorrido e a proporção que tomou é consequência do atual cenário político brasileiro, polarizado, onde a intolerância tem tomado cada vez mais espaço. A entidade preza ainda pela liberdade de expressão, tanto dos professores como de toda a comunidade escolar.