prof.sala.escolaO presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, fez contato nesta terça-feira (12) com a secretária executiva da Secretaria da Educação do Estado, Dalila Saldanha, para cobrar agilidade na publicação e pagamento dos processos pendentes de ampliação definitiva de carga horária. Vários professores e professoras denunciam que estão trabalhando 200h mas continuam recebendo como se a carga horária fosse de 100h. Segundo a Seduc, 70 professores tiveram a carga horária ampliada em janeiro de 2016.

Segundo Dalila, os processos se encontram no Setor Jurídico da Secretaria de Planejamento e Gestão e devem ser encaminhados para a Casa Civil, onde serão assinados pelo Governador e despachados para publicação no Diário Oficial do Estado.

Anizio Melo reforça a necessidade de o Executivo dar mais rapidez aos processos de ampliação definitiva de carga horária, fruto de uma conquista história da categoria, por meio do Sindicato APEOC.