Foto: Mauri Melo
Professores do Estado mantêm paralisação

Segundo o sindicato dos professores o objetivo da paralisação é pressionar o governador Cid Gomes a retirar sua assinatura da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que questiona, no Supremo Tribunal Federal (STF), a Lei do Piso Nacional.

Continuar a paralisação, realizar uma manifestação nesta quinta-feira, 4, na Praça do Ferreira às 16 horas e uma nova assembléia na próxima sexta-feira, 5, no Ginásio Aécio de Borba, às 09 horas. Essas foram as definições do Sindicato dos Professores do Estado do Ceará (Apeoc) em assembléia geral ocorrida nesta terça-feira, 2, em Fortaleza.

Segundo a Apeoc, o objetivo da paralisação é pressionar o governador Cid Gomes a retirar sua assinatura da Ação Direta de Inconstitucionalidade(Adin) que questiona, no Supremo Tribunal Federal (STF), a Lei do Piso Nacional aprovada em julho deste ano; e retirar da Assembléia Legislativa a Mensagem Nº 7039 do executivo estadual, sobre o piso.

A lei cria o piso salarial de R$ 950 para os professores de todo o Brasil e determina também que um terço da jornada de trabalho deles seja dedicado a atividades extraclasse, como correção de provas, pesquisa e preparação de aula, entre outras.

Entenda o caso

16 de julho
O presidente Lula sanciona a Lei 11.738 que cria o piso salarial nacional de R$ 950 para os professores da rede pública. A lei também determina que um terço da jornada de trabalho dos professores seja dedicado a atividades fora de sala de aula.

29 de outubro
Cinco governadores, entre eles Cid Gomes, ingressam com uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei. Eles questionam a cláusula que destina um terço da carga horária a trabalhos extraclasse.

11 de novembro
Cid Gomes encaminha para a Assembléia Legislativa proposta que institui remuneração mínima de R$ 950 para os professores. O salário é para uma jornada de 40 horas semanais, sem o tempo definido pela lei para atividades extraclasse.

27 de novembro
Na Assembléia Legislativa, a proposta de Cid Gomes é aprovada. Professores da rede estadual decidem paralisar as atividades.

Fonte: O POVO Online.


SEM O PISO, EU NÃO PISO NA ESCOLA!
O PISO É LEI, TEM QUE CUMPRIR!

TODOS AO ATO PÚBLICO NA PRAÇA DO FERREIRA NESTA QUINTA-FEIRA(04/12) ÀS 16H,
E  ASSEMBLÉIA GERAL SEXTA-FEIRA (05/12) ÀS 09H NO GINÁSIO AÉCIO DE BORBA