A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE realizou no seu Auditório em Brasília – DF, no período de 17 a 19 de novembro de 2009 , o 1º Seminário Nacional “Saúde dos (as) Trabalhadores(as) em Educação da CNTE”. O Sindicato APEOC  se fez presente através do seu Vice-Presente e Suplente da Diretoria da CNTE, Professor Juscelino Cunha e o Secretário para Assuntos Educacionais, Professor Sérgio Bezerra.

O Seminário teve início às 14 horas com a presença do Secretário Geral da CNTE, Denilson Bento da Costa agradecendo a presença de todos e desejando sucesso ao evento, que teve como tema da 1ª mesa “Saúde e Cidadania no Trabalho Escolar: do Real ao Necessário”, o Secretário de Saúde da CNTE, Alex Santos Saratt coordenou os trabalha que iniciou com a técnica do Dieese, Eliana Elias apresentando a pesquisa “Perfil, condições de Trabalho e Saúde dos Professores do Estado de São Paulo”, a pesquisa mostrou que as principais causas de sofrimento no exercício do trabalho apontadas pelos professores foram: superlotação de salas de aula (72,6%); falta de material didático (67,3); dificuldade de aprendizagem dos alunos (64,9% ); jornada de trabalho excessiva (64,5%); violência na escola (62,4%), e as principais queixas dos professores entrevistados com relação a sua saúde foram: cansaço (79,7%); nervosismo (61,1%); problemas com a voz (57,1%); dores nas pernas (56,3%); ansiedade (55,2%); dores de cabeça (53,9%); e, fadiga/cansaço (52,1%)

Leia o artigo completo na íntegra (doc)