DSC02704.300xO Sindicato APEOC promoveu nesta sexta-feira (08) uma reunião com os professores da comissão de negociação sobre a ampliação definitiva de carga horária. Além dos docentes, estavam presentes o presidente do Sindicato, Anízio Melo, e os advogados Ítalo Bezerra e Augusto Neto.

O atraso no pagamento das ampliações definitivas de carga horária envolve 66 professores que não receberam a remuneração correspondente a 200 horas/aulas, autorizadas desde janeiro. O secretário da Educação, Idilvan Alencar, disse que o pagamento só será liberado após a suspensão da greve.

DSC02700.300xO Sindicato entrará em contato com a Secretaria da Educação, juntamente com a comissão formada pelos professores, para marcar uma reunião e discutir unicamente esta pauta, além de cobrar a publicação dos atos no Diário Oficial do Estado.

A ampliação definitiva de carga horária foi uma conquista do Sindicato APEOC e da categoria junto ao Governo do Estado por meio da Lei nº15.451, de 23 de outubro de 2013. Depois de muita luta, a legislação garante a ampliação de carga horária para o atendimento de carência definitiva.