O Sindicato APEOC, o deputado Carlos Felipe, demais sindicatos, CTB, CSP Conlutas e CSB, e movimentos estudantis, tais como UEE e UBES, reuniram-se na segunda-feira (16), para apresentação do Estudo Técnico da APEOC sobre a Deforma da Previdência Estadual. A frente dos trabalhos, o presidente Anizio Melo.

A APEOC foi protagonista na luta contra a proposta de DEFORMA da Previdência enviada à Assembleia Legislativa na última semana. Articulações estão sendo feitas para que o regime de urgência da tramitação do projeto não seja efetivado.

Na plenária foi referendado que quarta-feira (18), as escolas da rede estadual irão paralisar as atividades para que todos participem de um grande ato na Assembleia Legislativa contra a DEFORMA da Previdência.

“A mensagem enviada pelo governador Camilo Santana diminui salários dos professores ativos e aposentados, além de reduzir a perspectiva para os novos professores. Portanto, não podemos permitir a taxação dos aposentados, o fim do Auxílio de Reforço à Renda e nem muito menos a sobretaxa de futuros professores. Temos uma pauta pendente com o governador, os retroativos do reajuste dos aposentados e promoções, convocação dos concursados e a ampliação definitiva. DEFORMA Não. Retira Camilo”, afirmou Anizio Melo, presidente da APEOC e FETENE.

VEJA AQUI o Estudo da APEOC sobre a DEFORMA da Previdência do Ceará