Foi protocolado ofício no Palácio da Abolição nesta quinta-feira (19), pelo presidente Anizio Melo, diretores e a Comissão de Aprovados no Concurso da SEDUC/2018, requerendo a convocação de todos(as) aprovados(as) no certame, e de imediato os 2.500 classificados, também cobrada audiência com o governador Camilo Santana para tratar as pendências da Campanha Salarial 2020.

Segundo o professor Anizio Melo, os números já foram batidos com a SEDUC, faltando uma reunião com a SEPLAG, SEFAZ E PGE para definir a convocação, que segundo o presidente é urgente. “O governador, ao invés de resolver de vez a convocação, vai às redes sociais e requentou a informação de que os aprovados serão convocados a partir de janeiro, algo já definido na Mesa de Negociação, a custo de muito suor e luta. Queremos a definição da convocação mais ampla, com todos os(as) aprovados(as), e de forma imediata, os 2500 classificados”, enfatizou Anizio.

Germano Uchôa, aprovado e membro da Comissão de Concursados, frisou que o governador deve dizer quantos serão convocados, além da divulgação de um calendário de convocação.

No próximo dia 25 de novembro, quarta-feira, às 10h, o Sindicato APEOC e os aprovados no Concurso farão um ato em frente ao Palácio da Abolição, cobrando uma definição quanto a convocação de todos(as) aprovados(as).

VEJA AQUI O OFÍCIO