O salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 1.995,91 para suprir as necessidades do trabalhador e sua família, de acordo com os cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-econômicos (Dieese). O valor estimado é 4,29 vezes maior do que o mínimo vigente em dezembro, de R$ 465,00.

Para chegar nesse número, o Dieese levou em conta o custo da cesta básica em dezembro e o dispositivo constitucional que determina que o salário deveria ser suficiente para a manutenção do trabalhador e sua família, suprindo suas despesas com alimentação, moradia, vestuário, saúde, transporte, educação, higiene, lazer e previdência.