O secretário de Educação do Ceará, Idilvan Alencar, foi eleito nesta quinta-feira (16) presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), para o biênio 2017-2018. A escolha foi durante a primeira reunião extraordinária da entidade do ano, em Brasília.

O Sindicato APEOC parabeniza o secretário e deseja boa sorte nessa nova experiência, esperando continuar com os debates para a melhoria da Educação e o respeito com o magistério. O presidente do Sindicato, Anizio Melo, reconhece a importância de Idilvan no cargo, e espera que os bons processos de negociação com a categoria prossigam. “ Ao mesmo tempo que congratulamos, queremos que pautas como a garantia de 10% do PIB e dos recursos dos royalties do pré-sal para a Educação, o fortalecimento do Fundeb, a nacionalização da carreira dos professores e a Reforma do Ensino Médio continuem a ser debatidas”, afirmou.

Idilvan já se colocou anteriormente contra a Medida Provisória 746, que promove alterações no sistema do Ensino Médio. Segundo o secretário, a MP não leva em consideração os principais atingidos pela reforma, professores e alunos, além de desmerecer a construção do Plano Nacional de Educação (PNE). Anizio também afirmou que o Sindicato estará vigilante. “Observaremos todas as movimentações do Consed, acreditando que teremos nele um porto para debates e que garanta o fim do retrocesso na escola pública”, disse.

 

Consed
O Consed é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, que congrega as secretarias de Educação dos Estados e Distrito Federal. O objetivo do órgão é promover e integrar a pasta da Educação, fortalecer o desenvolvimento educacional com qualidade, formular, implementar e avaliar as políticas nacionais para a área.

Perfil
Com mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o secretário Idilvan Alencar ocupou por 14 meses, entre 2015 e 2016, a presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação.

Especialista em engenharia de produção pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (Uva) e especialista em política e administração tributária e marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), ocupou também os cargos de secretário-executivo e adjunto da Secretaria de Educação do Ceará.

Idilvan Alencar sucede o secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amancio, que decidiu não concorrer à reeleição devido a compromissos em seu estado.

Com informações da Secretaria de Educação do Ceará e do Consed.