Termina no próximo dia 30 o prazo de recadastramento dos servidores públicos ativos, civis e militares, da administração direta, autarquias e fundações. A informação é da Secretaria do Planejamento e Gestão, por meio da Coordenadoria de Gestão de Pessoas , lembrando que os servidores que não atenderem ao recadastramento no prazo, terão seus vencimentos suspensos e não poderão ser beneficiados por progressão ou promoção, até regularizarem a situação.

Atualmente, segundo dados fornecidos pela Seplag, 60,45% do total de 69.887 servidores ativos estimados no projeto, concluíram o recadastramento em todas as fases, 11,66% encontram-se na etapa de anexação de documentos e 14,71% em validação das informações pelas áreas de RH dos órgãos; 6,36% aguardam a documentação do servidor e 6,75% que ainda não iniciaram o recadastramento. A secretária Desirée Mota, da Seplag, informa que já foi encaminhada aos órgãos e entidad es do Estado a relação com os nomes dos servidores que ainda não iniciaram o recadastramento, para as providências necessárias ao atendimento no prazo previsto.

A atualização dos dados cadastrais é obrigatória e será realizada anualmente no mês de aniversário do servidor. Neste ano, excepcionalmente, o recadastramento acontece até junho. Iniciado em agosto do ano passado, o processo de atualização de dados cadastrais está sendo realizado com o envolvimento dos setores de RH dos órgãos e entidades, que têm o compromisso de fazer a mobilização de seus servidores para atendimento à convocação.

Para atender ao recadastramento, o servidor ativo precisa apresentar os seguintes documentos: Identidade, CPF, Título de Eleitor, Identidade Profissional, Carteira de Habilitação (caso o servidor exerça função que a exija), PIS/PASEP, comprovante de endereço, certidão de casamento, certidão de nascimento dos dependentes, certificado de escolaridade, e comprovantes de cursos, palestras, seminários e congressos.       

Fonte: www.seplag.ce.gov.br